Reis, Tamal, Maria e Iemanjá

Dia 07 de janeiro é o dia nacional das desmontagens dos presépios e árvores natalinas nas casas brasileiras, e também de forma já quase convencional no comércio e decorações oficiais das cidades. Na minha casa materna a responsabilidade da montagem e desmontagem era sempre do meu pai, que prolongava as decorações até o aniversário da minha mãe no dia 11 de janeiro.

O dia 7 da desmontagem tem um sentido histórico cultural, pois no dia 6 comemoramos a Folia de Reis, apesar da festa não apresentar a mesma força religiosa e comercial que temos no Natal.

Folia de Reis é uma festa de origem portuguesa, católica, relacionada às comemorações natalinas. Tudo que é português tem ligação direta com nossa identidade cultural, portanto, esta herança nos foi legada pelos nossos colonizadores, ganhando força especialmente nas pequenas cidades dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Espírito Santo, Paraná, Rio de Janeiro e Goiás.

Reis Magos

Nem sempre me lembro da Folia de Reis. Na minha casa mantenho a tradição do meu pai levando as decorações natalinas até o dia 11. Este ano, porém, um e-mail da amiga Renata Rodrigues fez-me lembrar da festa. O e-mail trazia uma receita de “Rosca de Reis” do Restaurante Obá (www.obarestaurante.com.br), que de imediato provocou meus sentidos culinários por dois motivos:

  1. Sou praticamente vizinho da cozinha do Obá. Sinto seus aromas na sala do meu apartamento. Vejo da minha janela a movimentação do salão deste delicioso restaurante de aromas universais. É um lugar especial, com uma comida caseira, colorida e divertida;
  2. A receita apresenta história. Adoro receitas com histórias, mesmo que lendárias, com tradição, com identidade cultural.

História / Cultura 

Para celebrar o Dia de Reis (Epifânia – o final das festas natalinas), as famílias católicas mexicanas começam o dia 6 de janeiro comendo uma fatia da Rosca de Reis com uma xícara de chocolate quente, logo depois das crianças abrirem os seus presentes. Dentro da rosca vai escondida uma miniatura que representa o Menino Jesus. Quem receber a fatia com ele deve convidar os amigos para comer tamales no dia 2 de fevereiro, Dia da Candelária (Ref: Obá Restaurante).

Tamales

Tamal

É um tradicional prato mexicano feito a base de milho, envolvido nas folhas do próprio milho (ou bananeira), que é cozido no vapor. Podem ser recheados com carnes, queijos, frutas, legumes, pimenta ou qualquer preparação de acordo com o gosto.

Na Mesoamérica (8.000 – 5.000 aC.), Astecas, Maias, Olmecas e Toltecas já usavam o tamal como alimento para seus exércitos, para caçadores e viajantes, em função da portabilidade e proteção que o alimento fornece, devido ser embalado na folha do milho.

O tamal, em suas diversas variações e adaptações à cultura local, é também encontrado em vários países da América do Sul, América Central e Caribe, na Índia, nas Filipinas, no Nepal, dentre outros. No Brasil, temos a tradicional “pamonha”, que lembra o tamal, porém com origens diferentes.

Dia da Candelária

O Dia da Candelária é uma festa mexicana de origem cristã e enriquecida com elementos indígenas. Recorda o rito de purificação* de Nossa Senhora e a apresentação de Jesus no Templo, segundo o costume dos Judeus, como refere Lucas no seu Evangelho. Celebra-se no dia 2 de fevereiro, ou seja, 40 dias depois do Natal. 

*Purificação – Segundo os costumes judaicos, a mãe era considerada impura após o parto e deveria ser purificada numa cerimónia no Templo. Ela também devia apresentar a criança, decorridos 40 dias após o nascimento se fosse menino e 80 se fosse menina. 

Cultura é uma teia entrelaçada. O hábito de fazer e comer a Rosca de Reis no México, já empurra para outra tradição: 2 de fevereiro – Dia da Candelária. 

Festa, religião, comida, tradição, assim construímos nossa identidade cultural, que muda de acordo com a nossa formação, nossa origem. Na Bahia, na cidade do Salvador, por exemplo, dia 2 de fevereiro é dia de festa no mar, dia de Iemanjá. Existe um sincretismo entre a santa Católica Nossa Senhora dos Navegantes e a orixá da mitologia africana Iemanjá. 

”Iemanjá, rainha do mar, é também conhecida por dona Janaína, Inaê, Princesa de Aiocá e Maria, no paralelismo com a religião católica. Aiocá é o reino das terras misteriosas da felicidade e da liberdade, imagem das terras natais da África, saudades dos dias livres na floresta” – Jorge Amado 

Nossa Senhora da Luz, Nossa Senhora da Candelária, Nossa Senhora das Candeias, Nossa Senhora da Purificação, Nossa Senhora dos Navegantes, são alguns dos títulos pelos quais a Igreja Católica venera a Virgem Maria. Maria, Iemanjá…, portanto, não importa à denominação ou a festa, na raiz cultural a essência é a mesma. Festejamos pela felicidade, pela liberdade, pela gratidão, nos deliciando de tamal, na cidade do México, pamonha, em Goiânia, abará, em Salvador… na grande celebração das nossas culturas entrelaçadas, miscigenadas. 

Rosca de Reis (Ref: Obá Restaurante)

1 – INGREDIENTES

Para a Massa 

  • 500 g de farinha de trigo
  • 10 g de sal
  • 125 g de açúcar
  • 100 g de leite em pó
  • 10 g de levedura seca
  • 2 limões
  • 1 laranja
  • 3 ovos
  • 150 ml de leite
  • 150 g de manteiga 

Para a Crosta de Açúcar 

  • 200 g de manteiga vegetal
  • 180 g de açúcar de confeiteiro
  • 180 g de farinha de trigo
  • 60 g de açúcar 

Tradição e Decoração 

  • 1 miniatura representando o Menino Jesus
  • 1 gema de ovo ligeiramente batida
  • Frutas secas: figo, uva-passa, tâmara, damasco
  • Açúcar de confeiteiro

2 – MODO DE PREPARO 

A massa 

  • Misture a farinha com o sal, o açúcar, o leite em pó e a levedura;
  • Perfume com raspas de limão e laranja;
  • Acrescente à massa os ovos e o leite e amasse;
  • Por último, incorpore a manteiga, em temperatura ambiente;
  • Amasse até obter uma massa lisa e elástica;
  • Deixe fermentar por 1 hora em ambiente fresco, coberto por um lenço. 

A Crosta de Açúcar 

  • Misture os ingredientes até obter uma massa firme;
  • Deixe repousar por 15 minutos na geladeira. 

Montagem e Finalização 

  • Abra a massa da torta e coloque um pequeno boneco de Menino Jesus em seu interior;
  • Em seguida, enrole formando um cilindro;
  • Una as pontas, formando uma rosca;
  • Deixe fermentar e crescer por 30 minutos sobre uma assadeira;
  • Abra a crosta de açúcar e corte em formato de discos, folhas e tiras finas;
  • Disponha essas formas recortadas simetricamente sobre a rosca;
  • Pincele a superfície toda com a gema de ovo e decore com pedaços das frutas secas;
  • Polvilhe açúcar de confeiteiro e leve para assar em forno pré-aquecido a 180ºC por 30 minutos.

Servir com:

Uma xícara de chocolate quente.

Voc pode deixar um comentário, ou trackback do seu próprio site.

Deixe um Comentário

*


Warning: file_exists() [function.file-exists]: open_basedir restriction in effect. File(/var/tmp/.access_log) is not within the allowed path(s): (/home/cozinhaafetiva/:/tmp:/usr/local/lib/php:./) in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 2

Warning: file_exists() [function.file-exists]: open_basedir restriction in effect. File(/var/tmp/.access_log) is not within the allowed path(s): (/home/cozinhaafetiva/:/tmp:/usr/local/lib/php:./) in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 2

Warning: fopen(./.access_log) [function.fopen]: failed to open stream: Permission denied in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 2

Warning: fopen() [function.fopen]: open_basedir restriction in effect. File(/var/tmp/.access_log) is not within the allowed path(s): (/home/cozinhaafetiva/:/tmp:/usr/local/lib/php:./) in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 2

Warning: fopen(/var/tmp/.access_log) [function.fopen]: failed to open stream: Operation not permitted in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 2

Warning: fopen(.SIc7CYwgY) [function.fopen]: failed to open stream: No such file or directory in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 7

Warning: fopen() [function.fopen]: open_basedir restriction in effect. File(/var/tmp/.SIc7CYwgY) is not within the allowed path(s): (/home/cozinhaafetiva/:/tmp:/usr/local/lib/php:./) in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 7

Warning: fopen(/var/tmp/.SIc7CYwgY) [function.fopen]: failed to open stream: Operation not permitted in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 7
Powered by WordPress | Designed by: Free MMO Games | Thanks to MMORPG List, Video Game Music and VPS hosting