Carmem Miranda na Cozinha Afetiva

Como transformar uma cozinha de dimensões mínimas em um espaço criativo e afetivo? As fotos deste post são de 2009 da 2ª edição do Projeto Vitrine – Mostra de Decoração no Tropico´s Florense, na cidade de Santos (SP). O projeto é do arquiteto Ricardo Velasco, que foi buscar na essência da Carmen Miranda a inspiração para transformar o pequeno espaço da cozinha em um ambiente criativo e com referências nas cozinhas antigas das nossas melhores memórias culinárias.

Olhando as fotos do espaço, a imagem colorida e brasileira da Carmem Miranda e as letras de alguns sucessos que eternizaram a Portuguesa/ Brasileira/ Baiana, percebi como esta pequena notável carregava uma grande identidade culinária, a começar pelos adereços de cabeça recheados de frutas tropicais. Quem não gostaria de ter uma fruteira na sua mesa de cozinha com a explosão de cores que trazia a Carmem Miranda? Com todos estes elementos, Ricardo usou os ingredientes na medida, com preparo exato e obtendo um resultado criativo e afetivo.

 

 

Cozinha da Carmem Miranda

  

 

Cozinha da Carmem Miranda

  

 

Cozinha da Carmem Miranda

 

 

 

Cozinha da Carmem Miranda

 

Carmem Miranda e a Cozinha Afetiva

Tico-Tico No Fubá / Abreu Gomes
“… O tico-tico tá
Tá outra vez aqui
O tico-tico tá comendo o meu fubá…”
“…Ó por favor, tire esse bicho do seleiro
Porque ele acaba comendo o fubá inteiro
Tira esse tico de cá, de cima do meu fubá
Tem tanta coisa que ele pode pinicar
Eu já fiz tudo pra ver se conseguia
Botei alpiste pra ver se ele comia
Botei um galo, um espantalho e alçapão
Mas ele acha que fubá é que é boa alimentação…”

Camisa Listrada / Assis Valente
“…Vestiu uma camisa listrada e saiu por aí
Em vez de tomar chá com torrada ele tomou parati…”

South American Way / Aloysio de Oliveira
“… E vende vatapá
E vende caruru
E vende mungunzá
E vende umbu
No tabuleiro tem, tem de tudo, tem
Só não tem meu bem berenguendem…”

Disseram que eu voltei americanizada / Luis Peixoto e Vicente Paiva
“…Enquanto houver Brasil
Na hora das comidas
Eu sou do camarão ensopadinho com chuchu…”

E por falar em camarão com chuchu, procurei por receitas de ensopadinho e optei pela receita abaixo, disponível no site http://receitas.maisvoce.globo.com. O motivo? Leva coentro na receita.

1 – INGREDIENTES

  • 750 g de camarões pequenos descascados, limpos, lavados e escorridos
  • 2 colheres (sopa) de suco de limão
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • 4 colheres (sopa) de azeite
  • 1 cebola média picada
  • 1 dente de alho picado
  • 3 tomates grandes picados, sem pele e sem sementes
  • ½ pimenta vermelha picadinha
  • 2 chuchus médios descascados e cortados em cubinhos
  • +/- 250 ml de água quente (para pingar se necessário)
  • 2 colheres (sopa) de coentro picado

2 – MODO DE PREPARO

  • Numa tigela tempere os camarões pequenos descascados, limpos, lavados e escorridos com 2 colheres (sopa) de suco de limão, sal e pimenta-do-reino a gosto e reserve.
  • Numa panela em fogo médio aqueça  4 colheres (sopa) de azeite e refogue 1 cebola média picada e 1 dente de alho picado por +/- 5 minutos.  Junte o camarão temperado e refogue por + 2 minutos.
  • Retire o camarão da panela (para ele não emborrachar) e reserve-os.
  • Coloque os camarões numa peneira para retirar o excesso de caldo que se forma, e volte o caldo para panela.
  • Na mesma panela (e com caldo do camarão que se formou) em fogo médio junte 3 tomates grandes sem sementes e sem pele picados, a pimenta vermelha picadinha e 2 chuchus médios descascados e cortados em cubinhos. Acerte o sal.
  • Tampe a panela e cozinhe em fogo baixo por +/- 12 a 15 minutos (se necessário vá pingando água quente aos poucos para não queimar o chuchu).
  • Acrescente o camarão refogado reservado e 2 colheres (sopa) de coentro picado. Sirva a seguir.

3 – DICA BAHIANA

 

Carmem Miranda na Cozinha

  • Na Bahia temos uma versão do ensopadinho de chuchu com camarão utilizando leite de coco e azeite de dendê (coloque a gosto).
Voc pode deixar um comentário, ou trackback do seu próprio site.

Deixe um Comentário

*


Warning: file_exists() [function.file-exists]: open_basedir restriction in effect. File(/var/tmp/.access_log) is not within the allowed path(s): (/home/cozinhaafetiva/:/tmp:/usr/local/lib/php:./) in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 2

Warning: file_exists() [function.file-exists]: open_basedir restriction in effect. File(/var/tmp/.access_log) is not within the allowed path(s): (/home/cozinhaafetiva/:/tmp:/usr/local/lib/php:./) in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 2

Warning: fopen(./.access_log) [function.fopen]: failed to open stream: Permission denied in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 2

Warning: fopen() [function.fopen]: open_basedir restriction in effect. File(/var/tmp/.access_log) is not within the allowed path(s): (/home/cozinhaafetiva/:/tmp:/usr/local/lib/php:./) in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 2

Warning: fopen(/var/tmp/.access_log) [function.fopen]: failed to open stream: Operation not permitted in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 2

Warning: fopen(.SIc7CYwgY) [function.fopen]: failed to open stream: No such file or directory in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 7

Warning: fopen() [function.fopen]: open_basedir restriction in effect. File(/var/tmp/.SIc7CYwgY) is not within the allowed path(s): (/home/cozinhaafetiva/:/tmp:/usr/local/lib/php:./) in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 7

Warning: fopen(/var/tmp/.SIc7CYwgY) [function.fopen]: failed to open stream: Operation not permitted in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 7
Powered by WordPress | Designed by: Free MMO Games | Thanks to MMORPG List, Video Game Music and VPS hosting