ZOMBIE WEEK

INICIATIVA MUITO INTERESSANTE DO SITE COMIDA NA CABEÇA. 

captura-de-tela-2020-03-27-c3a0s-17.47.43

“Zombie Week: Alimentação e o apocalipse zumbi” é uma série de três encontros acadêmicos online em que discutiremos relações entre a comida e o fim do mundo na cultura pop.

A relação que temos com a comida é mais complicada do que parece: comemos para viver, mas não comemos qualquer coisa, e nossas escolhas não só mostram quem somos e quem não somos, mas também impactam em todas as esferas da vida cotidiana. O alcance desse tema é tão amplo que nem a representação midiática do fim do mundo está livre dela: o apocalipse zumbi está recheado de referências ao que se come e ao que se deixa de comer.

Nos encontros, vamos checar alguns exemplos e discutir diferentes relações entre a comida e os zumbis das telas. É possível participar dos três ou escolher o seu tema preferido:

  • 6/4 – Encontro 1 – Como fazer um apocalipse: cultura pop e as angústias alimentares contemporâneas
  • 7/4 – Encontro 2 – Instinto e cultura: o que comem os zumbis?
  • 8/4 – Encontro 3 – Sobrevivi, e agora? O que comer após o fim

Cada encontro custa uma doação de no mínimo R$ 10 para instituições ajudando a melhorar a situação causada pelo Covid-19.

Para participar da Zombie Week, então, basta:

  • escolher um ou mais dias
  • fazer uma doação online (algumas sugestões de instituições no fim do post, mas você escolhe)
  • enviar seu nome, comprovante e a(s) data(s) escolhidas para joanapellerano@comidanacabeca.com

No dia, precisa ter um computador, tablet ou celular com internet e microfone (câmera é um bônus interessante). Vou enviar um link para você se conectar no horário combinado.

Nos vemos lá!

Instituições:

Como sou em São Paulo, sugeri lugares daqui, mas você pode contribuir com instituições de qualquer cidade.

Quem sou eu?

Joana Pellerano – Doutora em Comunicação e Práticas de Consumo (ESPM-SP), mestre em Ciências Sociais (PUC-SP) e em Comunicação e Gastronomia (Universitat de Vic), bacharel em Comunicação Social – Jornalismo (UFES). É professora e pesquisadora da área de alimentação, além de uma das autoras do site Comida na Cabeça (www.comidanacabeca.com).

FIQUE EM CASA. VÁ PARA A COZINHA!

#cozinhaafetiva #cozinha_afetiva #fiqueemcasa #vaparaacozinha #cozinhar

Melina foi para a cozinha …

PHOTO-2020-03-29-13-36-21

Melina foi para a cozinha, sim ela foi para a cozinha, e fez COGUMELO SHITAKE REFOGADINHO …

INGREDIENTES

  • Cogumelo Shitake fatiado
  • Cebola picadinha
  • Alho socado
  • Sal a gosto
  • Azeite de oliva extravirgem

Dicas:

  • As quantidades são a gosto;
  • O cogumelo Shitake pode ser substituído pelos cogumelos Shimeji Branco, Portobello, Shimeji Preto, Paris ou outros;
  • Também fica muito bom misturar dois ou mais cogumelos.

MODO DE PREPARO

  1. Frite a cebola e o alho no azeite de oliva extravirgem, até dourar;
  2. Acrescente o cogumelo shitake e o sal e deixe refogar;
  3. Ótimo com arroz, macarrão, pão, torradas ou para acompanhar qualquer carne.

FIQUE EM CASA. VÁ PARA A COZINHA!

MUITO CUIDADO COM TODAS AS VERDURAS, LEGUMES E FRUTAS QUE ENTRAM NA SUA CASA. FAZER A HIGIENE ADEQUADA. ATENÇÃO PARA A PROTEÇÃO PESSOAL. CONSULTEM FONTES CONFIÁVEIS NA INTERNET DE COMO PROCEDER. 

#cozinhaafetiva #cozinha_afetiva #fiqueemcasa #vaparaacozinha #cozinhar

Ensopadinho de Chuchu

Muito prático e rápido. Feito com o que tinha na geladeira.

INGREDIENTES

  • 1 chuchu, em cubos
  • 1 cebola, em tiras
  • 1 tomate, em tiras
  • 1 pimentão pequeno, em tiras
  • 2 dentes de alho socados
  • Sal, pimenta do reino e shoyu a gosto
  • Azeite de oliva extravirgem

Dicas:

  • O chuchu pode ser substituído por abobrinha, mandioquinha, batata, batata doce, cenoura, abobora, etc.; 
  • Não tem shoyu em casa? Sem problema, irá ficar bom mesmo sem o shoyu;
  • Dobre quanto necessário a receita, a depender da quantidade de pessoas;
  • Misture os legumes: Chuchu com mandioquinha, abobora com batata e batata doce, etc., por exemplo. Fica ótimo.

 MODO DE PREPARO

  1. Coloque para cozinhar em água o pimentão, a cebola e o alho com sal e pimenta do reino [foto-1];
  2. Quando estiverem bem cozidos, adicione o chuchu e depois de +/- 5 minutos adicione o tomate [foto-2];
  3. Adicione o shoyu, ajuste o sal e cozinhe até o chuchu amolecer;
  4. Finalize com o azeite de oliva extravirgem [foto-3];
  5. Durante o cozimento ajuste a quantidade de água;
  6. Ótimo com arroz, macarrão, pão, torradas …

FIQUE EM CASA. VÁ PARA A COZINHA!

#cozinhaafetiva #cozinha_afetiva #fiqueemcasa #vaparaacozinha #cozinhar

Chuchu

Orientações para Aumentar a Imunidade

image1

Recebi via WhatsApp um documento em papel timbrado da Rede SARAH de Hospitais de Reabilitação – Associação das Pioneiras Sociais, assinado pelo Serviço de Nutrição e Dietética. São orientações para aumentar a imunidade, muito interessante, mas, em tempos de Fake News, difícil saber se realmente vem da conceituada instituição de saúde. São 11 orientações, que nos pareceu bem coerentes, por isso iremos divulgar o material. Analisem e vejam se as orientações se aplicam à sua dieta. Evidente que podemos seguir, ou não, na medida da disponibilidade dos ingredientes na nossa cozinha.

1 – Hidratação: 30 a 35 ml/kg peso ou aproximadamente 3 litros/ dia.

  • Se você tem 50 kg, multiplique 50 x 30 = 1.5 litro de água.

2 – Vitamina C: laranja, goiaba, limão, acerola, açaí, maracujá, kiwi, pimentão, folhas verdes escuras (3 porções de frutas).

3 – Vitamina D: 15 minutos de sol/dia – entre 10 e 11 horas.

  • Pode ser na janela/ varanda do apartamento/ casa ou no quintal de casa.

4 – Zinco: fontes proteicas de alto valor biológico (carne/ ovos) – 100 g/dia, alimentos integrais (arroz, pães, farinhas), folhas verduras escuras.

5 – Selênio: castanha do Pará (2 por dia).

6 – Microbiota: 250 g de vegetais e legumes no almoço e jantar (3xícaras/ dia), biomassa de banana-verde (2 colheres de sopa), kerfir (1 copo/ dia), kombuchá (1 copo/ dia), chucrute (2 colheres de sopa/ dia), aveia (2 colheres de sopa/ dia) e cogumelos sempre que puder.

  • Biomassa de banana-verde: é feita a partir da polpa da banana, porém, apenas quando a fruta está verde. Receitas na internet. 
  • Kerfir ou Kefir: é um leite fermentado. Ele apresenta um sabor levemente ácido e ligeiramente alcoólico, sendo resultado da fermentação do leite por meio dos grãos de kefir, massas que apresentam micro-organismos como bactérias ácido lácticas, ácido acéticas e leveduras. Os micro-organismos presentes nos grãos de kefir variam de acordo com o local em que foram produzidos, por isso, nem sempre a bebida final apresenta o mesmo padrão. A palavra kefir é derivada da palavra, em turco, keif, que significa “sentir-se bem” (https://brasilescola.uol.com.br/saude/kefir.htm). É muito difícil conseguir grãos de kerfir para fazer o leite fermentado. Recomendamos fazer pesquisas na internet para melhor entendimento e locais de vendas.
  • Kombuchá: A Kombucha, ainda, Kombuchá, é obtida tradicionalmente a partir da fermentação do chá adoçado das folhas da planta Camellia Sinensis. Para a fermentação, prepara-se o chá, normalmente preto ou verde, mas pode ser qualquer infusão, desde que seja doce e que este não seja antibiótico natural (https://pt.wikipedia.org/wiki/Kombucha).Recomendamos fazer pesquisas na internet para melhor entendimento e locais de vendas.
  • Chucrute: O chucrute é, tradicionalmente, uma conserva de repolho fermentado. Pode ser feito também com folhas de repolho firmes e com outros vegetais em conjunto. O repolho é uma fonte natural de vitamina C (https://pt.wikipedia.org/wiki/Chucrute). Recomendamos fazer pesquisas na internet para melhor entendimento e locais de vendas.

7 – Sono: dormir até as 22h00. Evite luz azul das telas (celular e TV), pelo menos 1 hora antes de dormir.

8 – Shot anti-inflamatórios: 1 vez ao dia (almoço) – mix anti-inflamatório: 1 colher de sopa de azeite de oliva extravirgem + 1 colher de chá de açafrão + 1 alho cru amassado + 1 colher de chá de linhaça. 1 vez ao dia (jejum) – shot anti-inflamatório: 1 limão espremido com 1 colher de chá de raspas de gengibre + 10 gotas de própolis + 2 gotas de óleo-de-copaíba.

  • Shot: dose.
  • Açafrão: o açafrão-da-terra, conhecido também como cúrcuma, turmérico, raiz-de-sol, açafrão-da-índia, açafroa e gengibre amarelo, é uma planta herbácea da família do gengibre, originária da Ásia.
  • Óleo-de-copaíba: é um óleo resina extraído da planta Copaífera multijuga. Ele é retirado do tronco desta planta e tem como denominação correta o termo óleo-resina, por ser constituído por ácidos resinosos e compostos voláteis.

9 – Chás que melhoram a imunidade: chá de gengibre pela manhã, guaco a tarde e camomila, mulungu e passiflora de noite.

  • Guaco: ou Erva de Bruxa é um tipo de planta medicinal utilizado contra gripe, rouquidão, infecção na garganta, tosse, bronquite.
  • Mulungu: Erythrina mulungu, conhecida pelos nomes comuns de murungú, mulungu-coral, molungo, etc, é uma espécie de árvores da família Fabaceae e gênero Erythrina. É endêmica do Brasil, encontrada no cerrado, Amazônia e Mata Atlântica.
  • Passiflora: Passiflora incarnata, também conhecida como flor-da-paixão, é uma planta perene, trepadeira de crescimento rápido, da família do maracujá, nativa da América do Norte.

10 – Especiarias que melhoram a imunidade: alho, cebola, aipo, coentro (folhas e sementes), gengibre, açafrão, pimenta preta. Produtos apícolas (polem, geleia real, própolis).

11 – Manejo de stress: meditação, atividade física, relaxamento.

  • É só ir ao Google e fazer uma busca sobre as orientações acima para controle de stress. Acrescentaria a dança, pois é muito simples fazer em casa. É ligar seu som na música preferida e se soltar. Importante depois fazer alongamentos, que também tem dicas na internet.

IMPORTANTE:

Tudo em azul, subitens, são de nossa responsabilidade. 

FIQUE EM CASA. VÁ PARA A COZINHA!

#cozinhaafetiva #cozinha_afetiva #fiqueemcasa #vaparaacozinha #cozinhar

Dias Melhores Virão!

PHOTO-2020-03-22-11-38-22

Mais uma receita de drink lá de Campina Grande, do amigo Joca. Adorei o nome – DIAS MELHORES VIRÃO! Muito bom, pois, entendo que se dia melhores virão, estamos no momento com bons dias e otimistas para melhores dias em breve.

INGREDIENTES E MODO DE PREPARO

  • Gin, suco e sementes de romã, gotas de calda de gengibre e cravo;
  • Bate-se tudo na coqueteleira com bastante gelo e coa-se;
  • Depois atira-se no copo, com gentileza, 5 sementinhas de romã.

DICA

  • Trilha sonora para degustar: Gerônimo Santana e Banda Mont’Serrat tocando a inebriante Oshossi.

FIQUE EM CASA. VÁ PARA A COZINHA!

#cozinhaafetiva #cozinha_afetiva #fiqueemcasa #vaparaacozinha #cozinhar

Macarrão na Panela de Pressão do João

PHOTO-2020-03-21-13-54-41

João, meu sobrinho bisneto de quase 13 anos, foi para a cozinha em Feira de Santana, Bahia, e fez o jantar do domingo para toda família. Ele se vira muito bem com fogão e panelas, já até publicamos outras receitas dele. Agora é um macarrão na panela de pressão, ótima sugestão para tempos de quarentena.

INGREDIENTES

  • 1 pacote de macarrão parafuso
  • 1 caldo de Knnor (sabor da sua preferência)
  • 1 lata de milho (escorrer a água)
  • Azeitonas sem caroço e sal a gosto
  • 250 gramas de queijo e presunto (mais ou menos 125 gramas de cada)
  • 1 caixinha de creme de leite
  • ½ caixinha de molho de tomate (mais ou menos 250 a 300 gramas)
  • Queijo parmesão ralado a gosto

 MODO DE PREPARO

  1. Jogue o macarrão na panela de pressão e acrescente água até cobri-lo totalmente;
  2. Acrescente o milho, o molho de tomate e o caldo Knnor;
  3. Tampe a panela e deixe cozinhar até começar a chiar. Deixe mais 3 minutos, desligue o fogo, deixe a pressão sair completamente e abra a panela;
  4. Se necessário retire um pouco do molho do cozimento do macarrão para não ficar muito aguado;
  5. Adicione o creme de leite, o presunto e o queijo picadinhos e misture bem;
  6. Coloque em um recipiente e adicione o queijo ralado.

FIQUE EM CASA. VÁ PARA A COZINHA!

#cozinhaafetiva #cozinha_afetiva #fiqueemcasa #vaparaacozinha #cozinhar

Panqueca Verde do Zeinho

Panqueca

Zeinho, meu compadre lá da Bahia e pai dos afilhados Theo e Nanda, é conhecido pelo famoso pãozinho delícia (*), que ele perdeu a receita e todos aguardam que recupere a delícia do pãozinho com um esforço de memória. Zé também é um exímio fazedor de pizza e outras maravilhas culinária. A panqueca verde para mim foi uma novidade, pois, não conhecia a receita. Achei muito linda a massa e com certeza nutritiva e saborosa. Segue a receita abaixo.

INGREDIENTES

  • 2 xicaras de chá de farinha de trigo
  • 2 xícaras de chá de leite de vaca
  • 3 ovos
  • 3 folhas de couve sem talo e 1/2 xícara de salsinha (espinafre, rúcula, manjericão, coentro e/ou outras folhas verdes da sua preferência)
  • Sal a gosto
  • Óleo para assar

MODO DE PREPARO

  1. Bater todos os ingredientes no liquidificar, adicionando a(s) folha(a) de sua preferência;
  2. Usar uma frigideira para assar as panquecas;
  3. Rechear de acordo sua preferência com carnes moída (vaca, porco, frango, bacalhau …) e/ou verduras (o recheio deve ser preparado a parte e adicionado às panquecas já quente);
  4. Complemente com o molho de sua preferência (tomate, 4 queijos, branco …) e queijo ralado.

(*) Depois do acarajé e do abará, o pãozinho delícia é a paixão de todo baiano. Também conhecido como pão de festa, pois, é impossível uma festa sem essa delícia, apresenta uma massa branquinha e macia com queijo ralado por cima. Pode ser recheado com uma paste de manteiga e queijo ralado ou qualquer queijo cremoso. Na Bahia é muito comum encontrá-lo em bares e lanchonete.

FIQUE EM CASA. VÁ PARA A COZINHA!

#cozinhaafetiva #cozinha_afetiva #fiqueemcasa #vaparaacozinha #cozinhar

Congelar Frutas

image1

Frutas podem ser congeladas. Não usem melão, melancia e banana. Todas as demais, cortar bem picadinho, adicionar suco de limão e açúcar ou mel para quem preferir. Congelar. O efeito após o descongelamento é perfeito, FIQUE EM CASA. VÁ PARA A COZINHA!

#cozinhaafetiva #cozinha_afetiva #fiqueemcasa #vaparaacozinha #cozinhar

image2

Sopa de Camarão e Omelete de Bacalhau da Dona Terezinha

As receitas são de uma viagem com mais 6 amigos e amigas por Portugal em 2018. Alugamos uma van e rodamos por muitas cidades. Em Évora, onde ficamos uns 4 dias, alugamos uma casa onde tinha uma cozinha portuguesa enorme, que nos convidava a cozinhar. Dona Terezinha foi para a cozinha em uma das noites e fez uma sopa com camarão e omelete de bacalhau. Tudo muito simples e rápido. Não tenho a receita exata, mas irei tentar descrevê-las. Foi uma festa esse jantar, acompanhado de vinhos e pães portugueses. O melhor mesmo, que só agora percebo, foi a convivência, o estar juntos, sem medos, o pegar, tocar, conviver com pessoas queridas. Com fé em nossos santos e orixás, tudo irá passar e voltaremos a viver essas pequenas coisas boas da vida.

SOPA DE CAMARÃO

IMG_9310

Cebola e alho refogados até dourar no azeite de oliva extravirgem. Acrescentar batata em cubos, coentro e tomate bem picadinhos e água quanto necessário. Cozinhar. Quando a batata começar a amolecer adicionar o macarrão de sua preferência. Em separado, fritar camarões, sem casca e no sal, no azeite de oliva extravirgem. Quando o macarrão estiver cozido, adicionar os camarões fritos. Mexer e servir.

IMG_9311

OMELETE DE BACALHAU

IMG_E9046

Dessalgar o bacalhau, desfiar e temperar com alho, cebola, tomate e coentro bem picadinhos, reservar. Bater os ovos. Esquentar o azeite de oliva extravirgem em uma frigideira, colocar uma boa porção dos ovos batidos e logo em seguida uma porção do bacalhau. Fechar a omelete com ajuda de espátulas e fritar. Repetir a mesma operação até acabar os ovos batidos e o bacalhau.

IMG_E9047

#cozinhaafetiva #cozinha_afetiva #fiqueemcasa #vaparaacozinha #cozinhar

Drink do Joca

Do amigo querido de Campina Grande, Joca, especialista em drinks:

2 doses de um bom uísque, espremer bem um pedaço de raiz de gengibre e coar numa coqueteleira. Bater bem com gelo, despejar num copo de coquetel, completar com soda ao gosto da pessoa quarentenica e degustar procurando ter paciência com essa pandemia horrorosa!

#cozinhaafetiva #cozinha_afetiva #fiqueemcasa #vaparaacozinha #cozinhar

image1


Warning: file_exists() [function.file-exists]: open_basedir restriction in effect. File(/var/tmp/.access_log) is not within the allowed path(s): (/home/cozinhaafetiva/:/tmp:/usr/local/lib/php:./) in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 2

Warning: file_exists() [function.file-exists]: open_basedir restriction in effect. File(/var/tmp/.access_log) is not within the allowed path(s): (/home/cozinhaafetiva/:/tmp:/usr/local/lib/php:./) in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 2

Warning: fopen(./.access_log) [function.fopen]: failed to open stream: Permission denied in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 2

Warning: fopen() [function.fopen]: open_basedir restriction in effect. File(/var/tmp/.access_log) is not within the allowed path(s): (/home/cozinhaafetiva/:/tmp:/usr/local/lib/php:./) in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 2

Warning: fopen(/var/tmp/.access_log) [function.fopen]: failed to open stream: Operation not permitted in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 2

Warning: fopen(.SIc7CYwgY) [function.fopen]: failed to open stream: No such file or directory in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 7

Warning: fopen() [function.fopen]: open_basedir restriction in effect. File(/var/tmp/.SIc7CYwgY) is not within the allowed path(s): (/home/cozinhaafetiva/:/tmp:/usr/local/lib/php:./) in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 7

Warning: fopen(/var/tmp/.SIc7CYwgY) [function.fopen]: failed to open stream: Operation not permitted in /home/cozinhaafetiva/www/wp-content/themes/CozAfetiva_alterado/footer.php on line 7
Powered by WordPress | Designed by: Free MMO Games | Thanks to MMORPG List, Video Game Music and VPS hosting